segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Novembro de 2012: 5° mais quente em 133 anos.

Mapa com a distribuição da temperatura de Novembro/2012,
em percentis. Fonte: NCDC/NOAA
Segundo o boletim mensal da National Oceanic and Atmospheric Administration, Novembro de 2012 é o quinto Novembro mais quente de todo o registro histórico, desde 1880, quando este se iniciou, com uma temperatura média global 0,67°C acima da média do século XX. Os 10 meses de Novembro mais quentes de todo esse período ocorreram nos últimos 12 anos. Sobre os continentes, as temperaturas estiveram 1,13°C acima da média do Século XX, reforçando o fato bem conhecido de que estes tendem a aquecer mais rapidamente do que os oceanos. A maior parte da América do Sul, da África, da Austrália e do Oceano Índico estiveram com temperaturas muito acima da média. Recordes de temperatura ocorreram no Caribe, em porções do norte e oeste africanos, dentre outras regiões.


Evolução das anomalias de temperatura de Janeiro a
Novembro globais (acima), sobre os oceanos (meio) e
sobre os continentes (abaixo). Fonte: NCDC/NOAA
O trimestre Setembro-Outubro-Novembro (geralmente mencionado como o trimestre de "Outono", no Hemisfério Norte e de "Primavera", no Hemisfério Sul) de 2012 foi o segundo mais quente do registro histórico. Esse trimestre estabeleceu um novo recorde de temperatura sobre as regiões continentais do Hemisfério Sul, que estiveram 1,02°C acima da média do século XX. 

O ano de 2012, mesmo tendo se iniciado com uma La Niña (resfriamento anômalo das águas do Pacífico Equatorial), que tende a produzir condições globais mais frias, se consolida cada vez mais como o oitavo ano mais quente desde 1880, o quinto mais quente, se considerarmos somente as regiões continentais. Deverá se encerrar como o mais quente entre todos os anos em que houve ocorrência de La Niña. A figura acima não deixa dúvidas quanto à tendência clara de aquecimento, particularmente ao longo das últimas 3 décadas.

Extensão do gelo do Ártico, em milhões de km2. Fonte: NSIDC
Não custa lembrar que a concentração de CO2 atmosférico em Novembro de 2012 chegou a 392,92 ppm, 2,61 ppm a mais do que no ano passado. Como se vê na figura ao lado, o gelo do Ártico, no início de Novembro, voltou a estabelecer um mínimo absoluto e, embora tenha havido uma recuperação relativamente rápida (como esperado nessa época, em função da ausência de luz solar no entorno no polo Norte nesta época do ano), continua bem abaixo da média de 1979 a 2000.

5 comentários:

  1. O que você faria se descobrisse que o aquecimento global é uma farsa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://cobb.typepad.com/.a/6a00d834515ae969e20120a6f40653970b-500wi

      Excluir
  2. O que você faria se descobrisse que a gravidade não existe?

    Sua pergunta é mais ou menos por aí...

    ResponderExcluir
  3. Muito Obrigado, você deu a resposta que eu queria ouvir. Você mostrou que não é um cientista. Um método científico para ser reconhecido como tal deve composto por hipóteses que sejam o mais falseáveis possível. Se as suas hipóteses não são falseáveis então o seu método não é científico, é uma crendice sustentada por dogmas e doutrinas. Ou seja, você é um mero doutrinador marxista, sua pesquisa não é científica, mas sim puramente política e ideológica. Por isso a sua universidade e várias outras públicas e privadas do Brasil não estão nem entre as mil melhores nos rankings das maiores do mundo. Os trabalhos que vocês produzem são comparáveis a trabalhos feitos por crianças do Ensino Infantil com giz de cera, ambos têm o mesmo embasamento científico e só são lidos no seu próprio meio familiar e social.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se há algo que nada tem de científico é se recusar a aceitar fatos quando há sobra de evidências para tal e, nesse sentido, o humor é o melhor recurso. Mas seria interessante poder estabelecer alguma espécie de discussão com alguém que não escondesse a agressividade infantil e desprovida de argumentos por trás de um perfil sem nome, sem rosto, sem conteúdo. Um incauto é um incauto, mas é melhor um incauto que ao menos assuma uma identidade. Que tal se expor, dar a "cara a tapa"?

      Excluir

Heil, CO₂! Nazinegacionismo e eleições alemãs

Racismo, xenofobia e agora negacionismo climático: a ultradireita alemã volta ao parlamento após sete décadas, com um repertório comple...

Mais populares este mês