sábado, 24 de novembro de 2012

"What would you do if you knew what I know"

Meu time de "heróis" é para lá de diverso. Nele estão Marx, Trotsky, Rosa Luxemburgo e Gramsci. Nele estão Einstein, Lennon, Sagan e Dawkins. Mas são para mim heróis como os deuses gregos e afrobrasileiros: assumidamente humanos e imperfeitos.

"Olimpo", portanto, onde cabe mais um que, sendo para mim "herói", está longe de ser divindade. Falo de um que não citei acima. Não... Ele não é um militante revolucionário... Foi eleitor tradicional do Partido Republicano, algo para lá de esperado para alguém nascido no interior, filho de agricultores, no estado americano de Iowa. Trata-se de James (Jim) Hansen, o "cientista reservado do meio-oeste", o autor da frase que dá nome a este blog. Eu não concordo com ele quanto às maneiras de equacionar o problema. Mas estou inteiramente de acordo quanto à compreensão da urgência e da importância da crise climática.

Reverencio a honestidade intelectual e científica deste velho pesquisador, a quem tive a honra de ouvir palestrar, sentado na segunda fila de um auditório pequeno e superlotado, em Viena, este ano. Uno-me, humildemente a ele, em uníssono, na pergunta "o que você faria se soubesse o que sei". E uno-me, igualmente, na resposta. E dentro dos meus limites, este blog é a minha resposta, pois é o veículo que encontrei para expor a crise climática e dialogar com vocês. Nesta reverência, divulgo o link para uma palestra de Jim, para mim, emocionante!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Heil, CO₂! Nazinegacionismo e eleições alemãs

Racismo, xenofobia e agora negacionismo climático: a ultradireita alemã volta ao parlamento após sete décadas, com um repertório comple...

Mais populares este mês